Mediador iniciante: 5 principais dificuldades do início da carreira.

Blog

Como iniciar uma carreira em uma área ainda insipiente? Os atuantes da mediação em sua grande maioria são atraídos por “amor” ao procedimento e pela transformação que a mediação proporciona. Mas o amor não paga as contas no final do mês e então os novos mediadores deparam-se com algumas barreiras a serem superadas.

No Brasil, cerca de 80% dos Mediadores formados ou em formação  têm capacitação em Mediação Judicial o que significa que a grande maioria formou-se para ser voluntário em Tribunais. Essa é a primeira barreira que os Mediadores e Mediadoras interessados em desenvolver uma carreira devem superar: que só é possível ser Mediador voluntário. A verdade é que os Mediadores deixam os cursos de capacitação com seu certificado embaixo do braço sem ter rumo para seguir a não ser o Judicial – voluntário – porque não se fala em outra possibilidade senão essa. Alguns se contentam em ser voluntário por anos, mantendo seus empregos e trabalhos principais e a atividade de mediação como Hobby.

Em contramão a esses mediadores encontramos os recém formados no instituto e que, por diversos motivos, não gostariam de manter seus trabalhos e empregos, mas que gostariam de seguir atuando com a mediação porém de forma remunerada. Para essas pessoas a Mediação torna-se uma filosofia de vida trazendo novas perspectivas à suas vidas pessoais a ponto de perceberem que permanecer em um emprego até muito bem remunerados mas sem propósito já não faz sentido. É aí que se deparam com o segundo obstáculo da carreira do Mediador: buscar caminhos fora da mediação judicial. Nessa busca muitos Mediadores pensam em abertura de Câmaras Privadas, mas aos que analisam a fundo essa possibilidade logo desistem ao se depararem com os altos custos de implantação e o longo prazo de ROI (retorno do investimento), além de outros fatores desestimuladores: dificuldade de credenciamento ao CNJ, necessidade de manutenção de uma estrutura mínima de operação. Aqueles que sabiamente abandonam essa ideia partem para tentar integrar os quadros de Câmaras Privadas já constituídas e em funcionamento.

Nessa etapa descobrem a terceira barreira: dificuldade em integrar os quadros de Mediadores das Câmaras Privadas. Poucas Câmaras admitem mediadores recém formados ou com pouca experiência além disso algumas sequer aceitam mediadores internos senão aqueles indicados pela diretoria ou por outros que já integram aquela Câmara, no dito popular conhecemos essa prática como “admissão QI – quem indica”! Muitos mediadores desiludem-se e param por aqui, não persistem ou tentam um outro caminho e seguem na Mediação voluntária.

Em seguida os mediadores vislumbram atuar como Mediadores privados autônomos e percebem que não sabem como, pois os cursos os prepararam para atuar como Mediadores Judiciais. Esse é o quarto empecilho à carreira do Mediador: como atuar na mediação privada. A mediação judicial assemelha-se pouco ou muito pouco com a mediação privada o que significa que a maioria dos Mediadores no mercado está preparado para atuar no privado. No Brasil não há nenhuma literatura ensinando o passo –a – passo para o mediador adhoc seguir. Os mediadores que persistem em ficar na mediação e desejam fazer dela seu trabalho e propósito de vida devem ser autodidatas, pois devem trilhar seu próprio caminho. O que por um lado é ótimo, pois tem-se a liberdade de experimentar e testar várias formas de atuação.

Por último Mediadores se veem diante da falta de capacitação privada de Mediadores pois não encontram no Brasil cursos de Mediação Privada na Prática, há sim “pseudo” cursos com esse nome ou como Mediação Extrajudicial, porém com embasamento na Mediação Judicial e sem nenhuma aplicação prática na Mediação Privada.

Felizmente, há os mediadores persistentes que como bom brasileiro “não desiste nunca” que apesar de toda a dificuldade busca trilhar seu caminho na Mediação, aprimoramento constante e atuação de excelência, esses certamente têm pelo menos 50% a mais de chance que os demais de ter sucesso!

 

Tathyana Gomide

Blog

Assine nossa newsletter

Preencha seus dados e receba novidades da mediei